domingo, 8 de agosto de 2010

Sem um som...


Em entrelinhas, as dores escondidas
as linhas que falam a verdade sem um som
cada vida se misturando
e você não se encaixando em lugar nenhum.

E se meu mundo for tão grande que não cabe no mundo de ninguém?
E se tudo pelo que luto não for meu?
E se eu estiver tentando roubar uma felicidade que nunca vai me pertencer?

Tente apenas recuperar o fôlego
ainda não é hora de desistir
de você mesmo.

Qual a próxima frase sussurrada em meu ouvido que me fará
ver que eu sempre luto por uma causa perdida?
Qual o próximo passo que eu darei pensando em dar um suspiro
sem conseguir respirar?
Qual a próxima vez em que eu tentarei me prender ao chão
quando minha cabeça está nas alturas?

O que você esconde?
qual amor você perdeu?
e se tentar já não for o suficiente?
E se meu mundo não couber no seu?

10 comentários:

  1. olha texto d qm ta xonada
    rs
    gostei
    seguindo
    ^^

    http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. "ainda não é hora de desistir
    de você mesmo."

    nunca é hora de desistir de nos mesmos, né/

    ResponderExcluir
  3. aushaushaus esse texto é lindo ..

    ResponderExcluir
  4. linda.. gostei muito desse texto!!
    é seu?!
    se for.. parabéns você está um nível assima!!
    okspoakposkpoakspoaks

    goitei do teu blog, gostei mesmo!

    http://temperadocompimenta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Que perfeito *o*
    Belo blog, parabéns...
    Depois passa lá tbm e deixe sua opinião? Vlw http://silveriofandl.blogspot.com/2010/08/um-sonho-possivel.html

    ResponderExcluir
  6. Esse texto me fez pensar numas coisas da minha vida... bem bacana.

    ResponderExcluir
  7. Lindos versos!
    Intensos e sinceros
    :D

    ResponderExcluir
  8. cada vez mais penso que sentimentos naum podem ser analisados seguindo os padrões de todas as outras coisas...sentimentos são como as piores drogas, que dão prazer momentâneo e causam malefícios vitalícios...

    ResponderExcluir